Índice Glicêmico

O que é Índice Glicêmico?

E-mailImprimir

O índice glicêmico (IG) é um método, proposto pelo Dr. David Jenkins, pesquisador da Universidade de Toronto – Canadá, em 1981. Ele representa a qualidade de uma quantidade fixa de carboidrato disponível de um determinado alimento, em relação a um alimento-controle, que normalmente é o pão branco ou a glicose, a partir daí, são classificados baseados em seu potencial em aumentar a glicose sangüínea. Através da analise da curva glicêmica produzida por 50g de carboidrato (disponível) de um alimento teste em relação a curva de 50g de carboidrato do alimento padrão (glicose ou pão branco). Atualmente utiliza-se o pão branco por ter resposta fisiológica melhor que a da glicose.

Equação:

CG = IG x Teor CHO disponível na porção do alimentos/ 100

Qual a Importância de Consumir Alimentos com Baixo IG?

As evidências científicas reforçam que o carboidrato é o maior preditor do aumento da glicemia pós refeição, devendo-se considerar qualidade e quantidade deste macronutriente.
O índice glicêmico é uma medida de qualidade do alimento e a carga glicêmica, apesar de ser uma medida que leva em consideração a qualidade e quantidade, controvérsias sobre a validade destes métodos ainda persistem.
Existem diversos fatores que interferem na resposta glicêmica dos alimentos, como a procedência do alimento, tipo de cultivo, forma de processamento e cocção, consistência e teor de fibras. Ao recorrer a tabelas, corre-se o risco primeiramente de identificar alimentos que no caso, não são típicos do Brasil, uma vez que dispomos de tabelas internacionais. Além disso, muitos alimentos com baixo IG, trazem na sua composição altas concentrações de gorduras.
Diante desta situação, vale ressaltar a importância da orientação nutricional realizada pelo nutricionista especialista no atendimento as pessoas com diabetes, no sentido de esclarecer quanto a viabilidade e vantagens na escolha de alimentos com baixo IG e CG.

Como Identificar IG dos Alimentos?

Tal índice foi proposto para auxiliar a seleção de alimentos, assim quando alimento controle utilizado é o pão , os alimentos analisados que apresentam IG 95, são considerados de alto IG. Caso o alimento padrão seja a glicose, considera-se alto, IG > 70, médio IG 56 – 69 e baixo IG < 55.
A recomendação para o uso do IG, baseia-se, principalmente, na substituição de alimentos de alto por baixo IG ao longo do dia.

Onde Encontrar Informações sobre o IG dos Alimentos?

A primeira tabela divulgando valores de IG dos alimentos foi publicada em 1981 e continha 62 alimentos, desde então o número de alimentos de todo o mundo, vem sendo amplamente analisados por pesquisadores do Canadá, Austrália, Nova Zelândia. No Brasil, o IG de alguns alimentos como o abacaxi, morango, banana, feijão, arroz e alguns alimentos industrializados, vem sendo analisados pela Professora Dra. Elizabete Wenzel de Menezes, coordenadora da equipe na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP).

Carga Glicêmica (CG)

O Que É?

O conceito sobre carga glicêmica (CG) foi proposto, em 1997, pelo Dr. Salmeron , pesquisador da Harvard Scholl. A carga glicêmica (CG) é um produto do índice glicêmico (IG) e da quantidade de carboidrato presente na porção de alimento consumido, comparado com o alimento padrão.
Este marcador mede o impacto glicêmico da dieta , sendo calculado através da multiplicação do IG do alimento pela quantidade de carboidrato, contida na porção consumida do alimento.

Equação: CG = IG x teor CHO disponível na porção/100

Como Identificar a CG dos Alimentos?

Considerando a glicose como controle, os alimentos podem ser classificados em baixa carga glicêmica (CG 20).

Qual a Importância de Consumir Alimentos com Baixa CG?

As evidências científicas reforçam que o carboidrato é o maior preditor do aumento da glicemia pós refeição, devendo-se considerar qualidade e quantidade deste macronutriente. O índice glicêmico é uma medida de qualidade do alimento e a carga glicêmica, apesar de ser uma medida que leva em consideração a qualidade e quantidade, controvérsias sobre a validade destes métodos ainda persistem.

Existem diversosfatores que interferem na resposta glicêmica dos alimentos, como a procedência do alimento, tipo de cultivo, forma de processamento e cocção, consistência e teor de fibras. Ao recorrer a tabelas, corre-se o risco primeiramente de identificar alimentos que no caso, não são típicos do Brasil, uma vez que dispomos de tabelas internacionais. Além disso,. muitos alimentos com baixo IG, trazem na sua composição altas concentrações de gorduras. Diante desta situação, vale ressaltar a importância da orientação nutricional realizada pelo nutricionista especialista no atendimento as pessoas com diabetes, no sentido de esclarecer quanto a viabilidade e vantagens na escolha de alimentos com baixo IG e CG.

Considerações Finais sobre IG e CG

Ainda não existe um consenso entre os diversos órgãos de saúde mundiais, sobre a recomendação do índice glicêmico (IG) e carga glicêmica (CG), como estratégia primária para o planejamento do plano alimentar para pessoas com Diabetes Mellitus, pois, questiona-se a relevância e praticidade destes métodos, havendo a necessidade de realização de mais estudos de longa duração com alimentos de baixo IG e CG, no intuito de avaliar seus efeitos na prevenção e tratamento de diversas doenças crônicas não transmissíveis.

Tabela: Site David Mendosa

Leia mais:

American Diabetes Association. Nutrition Recomendations and Interventions for Diabetes. Diabetes Care, volume 30, supp 1, january,2007

Davis EJM.Towards understanding of glycaemic index and glycaemic load in habitual diet: associations with measures of glycaemia in the Insulin Resistance Atherosclerosis Study. British Journal of Nutrition, 95, 397–405,2006.

Foster-Powell K, Holt SH, Brand-Miller JC: International table of glycemic index and glycemic load values: 2002. Am J Clin Nutr 76:5–56, 2002

Lajolo FM, Menenezes EW. Carbohidratos em alimentos regionales Iberoamericanos.São Paulo, Edusp,313-330, 2006

Site David Mendosa

Consultoria: Dra. Gisele Rossi Goveia, Especialista em Nutrição Clínica
Nutricionista da Preventa Consultoria em Saúde – SP, Coordenadora do Departamento de Metabologia e Nutrição da Sociedade Brasileira de Diabetes 2006/2007.

Tabela de índice glicêmico e os valores de carga

O IG média de 62 alimentos comuns derivadas de vários estudos por diferentes laboratórios

Alimentos com alto teor de carboidratos GI
Pão branco de trigo * 75 ± 2
farinha de trigo integral / pão integral 74 ± 2
Especialidade pão 53 ± 2
pão ázimo * 70 ± 5
roti Trigo 62 ± 3
Chapatti 52 ± 4
tortilla de milho 46 ± 4
Arroz branco, cozido * 73 ± 4
Arroz integral, fervida 68 ± 4
Cevada 28 ± 2
Milho doce 52 ± 5
Espaguete, branco 49 ± 2
Espaguete, farelo de 48 ± 5
macarrão de arroz † 53 ± 7
macarrão Udon 55 ± 7
Cuscuz † 65 ± 4
Cereais matinais
Flocos de milho 81 ± 6
biscoitos, flocos de trigo 69 ± 2
Mingau de aveia, aveia em flocos 55 ± 2
mingau de aveia instantânea 79 ± 3
Mingau de arroz / congee 78 ± 9
mingau de painço 67 ± 5
Muesli 57 ± 2
Frutas e frutas
Apple, prima † 36 ± 2
Laranja, prima † 43 ± 3
Banana, prima † 51 ± 3
Abacaxi, cru 59 ± 8
Mango, prima † 51 ± 5
Melancia, crua 76 ± 4
Datas, em bruto 42 ± 4
Pêssegos, em conserva † 43 ± 5
Strawberry jam / geléia 49 ± 3
O sumo de maçã 41 ± 2
O suco de laranja 50 ± 2
Produtos hortícolas
Batata, fervida 78 ± 4
Batata, purê instantâneo 87 ± 3
Batata, batata frita 63 ± 5
Cenoura, cozida 39 ± 4
Batata-doce, cozido 63 ± 6
Abóbora, cozida 64 ± 7
Plátano / banana verde 55 ± 6
Taro, cozido 53 ± 2
Sopa de legumes 48 ± 5
Laticínios e alternativas
Leite, cheio de gordura 39 ± 3
Leite, desnatado 37 ± 4
Sorvete 51 ± 3
Iogurte, frutas 41 ± 2
O leite de soja 34 ± 4
O leite de arroz 86 ± 7
Legumes
Grão de bico 28 ± 9
Feijão 24 ± 4
Lentilhas 32 ± 5
Soja 16 ± 1
produtos Snack
Chocolate 40 ± 3
Pipoca 65 ± 5
Batatas fritas 56 ± 3
Refrigerante / soda 59 ± 3
bolachas de arroz / batatas fritas 87 ± 2
Açúcares
Frutose 15 ± 4
Sacarose 65 ± 4
Glicose 103 ± 3
Mel 61 ± 3
Os dados são médias. variedades * Baixo-SOLDADO foram também identificados. † Média de todos os dados disponíveis.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s